Atendemos pacientes particulares e variados convênios. Temos também diversas parcerias para aplicação de medicamentos dos pacientes que fazem a retirada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e/ou já possuem o medicamento.

 

         Para convênios, é necessário que o paciente nos encaminhe a prescrição, laudo médico e, dependendo da ocasião, exames complementares que comprovem o diagnóstico. Toda a burocracia ficará por nossa conta.

FAQs

 

1. Quais são as informações do laudo mais solicitadas pelos planos de saúde?

 

A maioria dos planos, para avaliar a liberação das medicações, solicita que no laudo constem o diagnóstico (com o CID-10), tempo de evolução da doença, índice de atividade (quando aplicável) e medicações previamente utilizadas. Alguns laudos são solicitados em formulário próprio das operadoras

 

Retirei a minha medicação no SUS. O que

devo fazer?

 

Contamos com algumas parcerias para aplicação de medicamentos obtidos pelo SUS. Caso haja o consentimento do médico assistente, tal como o interesse do paciente em infundir conosco, será necessário que o mesmo se cadastre no programa de atendimento referente à medicação em questão com a prescrição em mãos. Se necessário, podemos orientar o passo a passo.

 

 

Não possuo seguro de saúde. Como faço para realizar uma aplicação particular?

 

Entendemos que alguns tratamentos são de alto custo. Estamos sempre abertos a discutir os valores (de acordo com a cotação do momento) e facilitar, na medida do possível, as condições de pagamento.